ATO N.º 918, DE 07 DE AGOSTO DE 2018.

                                                                                   

Aprova o Manual de Auditoria Interna que disciplina o planejamento e a execução, pela Diretoria de Controle Interno, de auditorias no âmbito da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo, e dá outras providências.

 

       CONSIDERANDO a necessidade de promover a permanente adequação às modernas práticas de auditoria, de alinhar os métodos e técnicas de trabalho ao preconizado pelas entidades internacionais de auditoria e garantir a uniformidade de procedimentos;

 

         CONSIDERANDO que as Normas Brasileiras de Auditoria do Setor Público - NBASP e as Normas de Auditoria Governamental - NAG contemplam princípios fundamentais de auditoria do setor público.

 

A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, usando de suas atribuições legais,

 

                                       DECRETA:

 

Art. 1º Fica instituído no âmbito da Assembleia Legislativa do Espírito Santo o Manual de Auditoria Interna, na forma do Anexo deste Ato, que se destina a disciplinar o planejamento e a execução das auditorias internas.

 

Art. 2º O Manual de Auditoria Interna obedece às Normas Brasileiras de Auditorias do Setor Público - NBASP e as Normas de Auditoria Governamental - NAG’s, conforme ATO DA MESA DIRETORA Nº 329, de 24.04.2018.

 

Art. 3º Fica revogado o Ato da Mesa Diretora nº 2768, publicado no Diário do Poder Legislativo - DPL no dia 05 de julho de 2016.

 

Art. 4º Este Ato entra em vigor na data de sua publicação.

 

Palácio Domingos Martins, em Vitória 07 de agosto de 2018.

 

 

ERICK MUSSO

Presidente

RAQUEL LESSA

1ª Secretária

ENIVALDO DOS ANJOS

2º Secretário

 

Este texto não substitui o publicado no D .P.L de 08/08/2018.

manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_01manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_02manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_03manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_04manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_05manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_06manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_07manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_08manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_09manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_10manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_11manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_12manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_13manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_14manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_15manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_16manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_17manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_18manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_19manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_20manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_21manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_22manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_23manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_24manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_25manual-audit-interna-ales (5) (1)_Página_26