brasao

LEI Nº 158, DE 22 DE DEZEMBRO DE 1948.

(Norma revogada totalmente pela Lei nº 10.985, de 15 de abril de 2019)

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte lei:

 

Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir, pela Secretaria da Fazenda, o crédito especial de Cr$ 1.293.935,50 (um milhão, duzentos e noventa e três mil, novecentos e trinta e cinco cruzeiros e cinquenta centavos).

Parágrafo único – O crédito de que trata este artigo destina-se ao pagamento de juros vencidos, até 30 de setembro último, sobre a operação de crédito realizada em outubro de 1945 com o Banco da Lavoura de Minas Gerais S/A.

Art. 2º - Os necessários recursos disponíveis advirão ao excesso de arrecadação deste exercício, previsto na forma do § 3º, item 2, artigo 11 da Codificação das Normas Financeiras para os Estados e Municípios, aprovada pelo Decreto-lei nº 2 416, de 17-7-940.

Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário.

Ordeno, portanto, a todas as autoridades que a cumpram e a façam cumprir como nela se contém.

O Secretário do Interior e Justiça faça publicá-la, imprimir e correr.

Palácio Anchieta, em Vitória, em 22 de dezembro de 1948.

CARLOS FERNANDO MONTEIRO LINDENBERG

NELSON GOULART MONTEIRO

MESSIAS CHAVES

Selada e publicada nesta Secretaria do Interior e Justiça do Estado do Espírito Santo, em 22 de dezembro de 1948.

DARIO ARAUJO

Diretor da Divisão do Interior e Justiça

 

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial do Estado de 24/12/48.